O Pix é uma transação que acontece em tempo real, assim que você  clica em “Confirmar”, a transação é finalizada e em poucos segundos o valor já fica disponível na conta beneficiária (para conta que você escolheu enviar). Por esse motivo, segundo o Banco Central, a única forma de cancelar um Pix é antes de confirmar o pagamento. Mas calma, nem tudo está perdido.

O que Fazer Caso o Pix seja Enviado para Conta Errada?

De uma coisa tenha certeza, você não é a primeira pessoa e, muito menos, será a última que cometerá esse engano. Mas, como dito anteriormente, não há como cancelar um pix depois de enviado.  A única forma de reaver o valor é negociar com titular da conta beneficiária a devolução do valor.

As contas que oferecem as transações via pix são obrigadas a disponibilizar a função direto no aplicativo para que o usuário possa realizar a devolução do pix em apenas alguns cliques.

Infelizmente, essa função só será útil se você conhecer quem recebeu o pix por engano ou seja uma pessoa honesta  e devolva o valor por livre e espontânea vontade. 

Mas, a solução não para por ai. 

Enviei o Pix para Conta Errada e Não conheço o Titular Beneficiário, E Agora?

Nesses casos, a primeira coisa a ser feita é entrar em contato com o seu banco o mais rápido possível. Pois, a depender do valor, a instituição financeira pode demorar um pouco mais que 10 segundos para aprovar a transação e, nesse meio tempo, você conseguir o atendimento e solicitar o estorno.

Entretanto, se a transação já foi autorizada, você pode solicitar o estorno do valor alegando erro na transferência.

Mas esse estorno não será tão rápido assim, pois caso sua solicitação de estorno seja aceita, a sua instituição entrará em contato com o PSP, Provedor de Serviço de Pagamento da instituição para a qual você enviou o PIX. Essa instituição entrará em contato com o titular da conta beneficiária do pix, ou seja, com quem recebeu o pix e solicitará a devolução do valor.

Caso o titular da conta e/ou a instituição financeira se recuse a restituir o valor do Pix você precisará procurar a justiça. 

Se você não pode pagar pelo serviço de um advogado, pode solicitar ao Juizado Especial Cível, ou entrar com uma ação até mesmo sem advogado, desde que você esteja elegível para o auxílio jurídico gratuito.

O ideal, para evitar muita dor de cabeça, é checar todos os dados do recebedor antes de confirmar e finalizar qualquer transferência por Pix.


Lisana Pontes
Lisana Pontes

Sou apaixonada pelas possibilidades que o mundo digital nos oferece. Amo pesquisar, ler, explorar, experimentar e falar. Encontrei, aqui, um excelente lugar, onde eu posso "conversar" e compartilhar tudo que aprendo. O que me faz evoluir, crescer e aprender ainda mais.

Escrever um comentário

Seu email não aparecerá publicamente.