Tudo Sobre SCR do Banco Central (Consultar Registrato)

O mundo financeiro é cheio de siglas e nomenclaturas que, normalmente, só quem entende é quem trabalha no mercado de negócios. Umas dessas siglas é “SCR”, que em algum momento, você já deve ter ouvido falar. Mas, afinal de contas, o que é SCR? Para que serve? Devo permitir a consulta ao meus dados do SCR? Nesse artigo iremos esclarecer tudo sobre o SCR e te ensinar o passo a passo de como consultar esse banco de dados.


O que é o SCR?

A sigla SCR refere-se ao Sistema de Informações de Crédito do Banco Central (Bacen). Esse sistema foi criado pelo Conselho Monetário Nacional e é um instrumento de registro e consulta as informações, alimentado mensalmente pelas instituições financeiras, sobre as operações de crédito, avais e fianças prestados e limite de crédito concedidos por instituições financeiras a pessoas físicas e jurídicas no Brasil.

Para que serve o SCR?

O SCR é onde são armazenados todos os dados sobre as operações contratadas por todas as instituições financeira. Um instrumento pelo qual o BACEN, como órgão de regulação e supervisão do sistema financeiro, pode avaliar os riscos envolvidos nas operações de crédito, assegurando a solvências das instituições financeiras, para que elas não acumulem créditos não honrados. O que viabiliza ao BACEN adotar medidas preventivas para proteger tanto os recursos dos cidadãos como o sistema financeiro como todo, evitando que o país quebre.


Qual a importância do SCR?

O SCR desempenha um papel super importante na garantia da estabilidade do Sistema Financeiro Nacional e na prevenção de crises, pois é através dele que é feita a supervisão bancária, que acompanha as carteiras de crédito das instituições financeiras.

As informações que alimentam o SCR são fornecidas pelas instituições financeiras mensalmente, através do encaminhamento sistemático de dados sobre as operações de crédito. Para assegurar a confiabilidade do sistema, os arquivos recebidos são submetidos a um rigoroso processo de verificação, mediante a realização de diversos testes de consistência.

Qual a importância do SCR para o cidadão?

Além de proteger o sistema financeiro do país como um todo, o que influencia diretamente na vida do cidadão, os registros do SCR também são importantes para o cidadão. com acesso a esses registros, o próprio cidadão pode supervisionar todas as operações financeiras, como empréstimos, financiamentos, contas abertas dentre outros, em seu CPF. O que pode ajudar a evitar e resolver problemas com fraudes.

Quais dados são registrados no SCR?

São registrados no Sistema de Informações de Crédito do Banco Central todas as operações de crédito que impliquem risco de crédito, como empréstimo e financiamento, adiantamentos, operações de arrendamento mercantil, coobrigações e garantias prestadas, compromissos de crédito de crédito não cancelados, operações baixadas com prejuízo e créditos contratados com recursos a liberar, dentre outra operações.

Quem pode consulta o SCR?

Qualquer pessoa física ou jurídica que tenha interesse, pode consultar suas próprias informações armazenadas no SCR. Para as instituições financeiras ou qualquer área especializada do Bacen, acessarem os dados de um cliente no sistema, esse deve autorizar. Sem a devida autorização, nenhuma instituição financeira terá acesso ao compartilhamento de dados.

Devo autorizar ou não a consulta do SCR?

Algumas instituições financeira, antes de conceder crédito, empréstimos, emitir cartões, entre outras operações creditícias, solicitam autorização prévia do seus clientes, para ter acesso ao banco de dados do SCR, isso por quer esse banco de dados contém informações financeiras sigilosas sobre cada cidadão.. Essa autorização pode estar explicita no contrato, ou ser apenas um “Quadradinho a ser selecionado”. Ao autorizar uma instituição financeira consultar o seu banco de dados do SCR, estará dando livre acesso a todas as informações financeiras que você tenha realizado até hoje.

Apesar do SCR excluir do cadastro todas as dívidas não quitadas após 5 anos (período de prescrição), em acordo as exigências do Código de defesa do consumidor, negar o acesso ao SCR pode dificultar uma possível concessão de crédito. Por isso, ao ser solicitado por uma instituição financeira que esteja negociando alguma concessão de crédito, é aconselhável que você autorize o acesso ao SCR. A instituição só poderá consultar seus dados, sendo proibida de compartilhar ou divulgar essas informações.

O SCR é um cadastro de inadimplentes? O SCR negativa meu nome?

Não! No SCR, embora possam estar registrados os débitos de empréstimo, financiamentos, ou cartões, por exemplo, não funciona como um cadastro de inadimplência. O SCR registra todas as operações de crédito do consumidores, bem como os pagamentos efetuados, em dia ou atraso, e o saldo remanescente para quitação do contrato. Viabilizando a supervisão do Banco Central, que por meio dos relatórios mensais pode prevê qualquer problema que possa colocar em risco a solvência das instituições financeiras, tomando atitudes preventivas, assegurando o bom funcionamento do sistema financeiro nacional, assim como os recursos do cidadão.

Como acessar e consultar o SCR – Passo a Passo

Para ter acesso ao seu SCR você precisará fazer um cadastro no Registrato, um sistema que fornece pela internet, gratuitamente, o “Extrato do Registro de Informações no Banco Central”. Os dados encontrados no Registrado são fornecidos mensalmente pelas instituições financeiras. Essas informações só podem ser consultadas pela própria pessoa ou por quem ele autorizar. Para saber como ter acesso ao seu SCR, veja o passo a passo a seguir.

Passo 1 – Acesse o site do Registrato.

Passo 2 Clique em “Sou pessoa física”.

Passo 3 – Clique em “Obter frase de segurança”.

Passo 4 – Você será direcionado a outra página. Para obter frase de segurança, preencha os campos com os dados solicitados e clique em “Confirmar”.

Passo 5 – Clique em “Copiar”, para copiar a frase de segurança.

Passo 6 – Acesse o Internet Banking da instituição financeira que você informou no passo 4, para validar a frase de segurança.

Passo 7 – Após validar a frase de segurança, volte para o site do Registrato e clique em “Cadastrar”.

Passo 8 – Preencha os dados solicitados, copie a frase de segurança, forneça o código e clique em “Confirmar”.

Passo 9 – Será gerada uma senha de acesso, que deverá ser trocada no seu primeiro acesso. Clique em entrar e com essa senha, você poderá acessar o site do Registrato e consultar o seu SCR. Você também poderá fazer download das suas informações pessoais no Sistema Financeiro Nacional. A cada 45 dias as informações são atualizadas.

Observação: Para validar a frase de segurança no Internet Banking do Banco do Brasil, você deverá ir no Menu Completo -> Segurança -> Bacen -> Auto-atendimento – Registrado -> Validação de frase de segurança.

Observação importante: No Registrato você também poderia ter acesso ao CCS, o Cadastro de Clientes do Sistema financeiro , nele você encontrará, basicamente, o nome das instituições financeiras na qual você tem ou já teve relacionamento. Nesse sistema não são apresentados valores, apenas o nome da instituição, número da conta, data de abertura e encerramento, quando houver.


Uma opinião sobre “Tudo Sobre SCR do Banco Central (Consultar Registrato)

  • agosto de 2019 em 16:18
    Permalink

    Bom dia. Gostaria de saber se tenho chance de limpar meu nome no cadastro do Banco Central, pagando as dívidas nas instituições que devo.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *